Cientistas usam laser para criar chuva

Estudo mostrou que feixes de laser podem ser usados para induzir condensação e crescimento das gotículas de água na atmosfera

BBC Brasil |

selo

Pesquisadores suíços e alemães dizem ter descoberto uma maneira de utilizar feixes de raio laser para induzir chuvas.

Em um experimento realizado entre 2009 e 2010, eles demonstraram a utilização do laser para promover a formação de gotículas de água e evitar que elas tornassem a evaporar.

A pesquisa, publicada pela revista científica online Nature Communications, afirma que o laser poderia ser usado como alternativa para outros métodos testados nos últimos 70 anos, como o bombardeamento de partículas de gelo seco ou de sais na atmosfera.

Os pesquisadores observam, porém, que a eficiência dos métodos usados até hoje "ainda são objeto de debate".

Umidade alta
Segundo os autores do estudo, os feixes de laser podem ser usados para induzir a condensação e o crescimento das goticulas de água na atmosfera desde que a umidade relativa do ar seja superior a 70%.

O estudo foi realizado em um local às margens do rio Reno, perto de Genebra, para se beneficiar, segundo os pesquisadores, do fluxo de ar mais quente proveniente do lago Genebra para gerar as condições ideais para a pesquisa.

Os autores afirmam que o laser ajudou a criar no ar partículas de ácido nítrico, que atuaram como uma espécie de agregador das partículas de água para gerar gotículas microscópicas, com tamanho de algumas micras de diâmetro (cada micra é equivalente a 0,001 milímetro).

Na experiência, realizada ao longo de 133 horas em um ambiente fechado, as gotículas de água geradas não foram suficientemente grandes para se precipitarem em forma de chuva, mas os autores do estudo acreditam que seria possível intensificar a irradiação dos feixes de laser para aumentar ainda mais o tamanho das gotículas.

    Leia tudo sobre: raio laserchuvaseca

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG