Cientistas geram hidrogênio através de bactérias utilizadas para tratar água

Pesquisadores mexicanos aproveitaram os subprodutos do tratamento de esgoto para gerar energia de maneira sustentável

EFE |

Um grupo de pesquisadores da Universidade Nacional Autônoma do México (Unam) desenvolveu um método para gerar hidrogênio com bactérias utilizadas no tratamento de água, informou nesta segunda-feira (25) a instituição.

Os cientistas do laboratório de pesquisa em processos avançados de tratamento de águas da faculdade de engenharia da Unam, liderados pelo pesquisador Germán Buitrón, aproveitaram os subprodutos do processo de tratamento da água residual para gerar energia de maneira sustentável.

Muitos organismos anaeróbios podem produzir hidrogênio à revelia de luz, a partir dos carboidratos contidos em resíduos orgânicos.

No tratamento das águas por via anaeróbia (ausência de oxigênio), as bactérias do gênero Clostridium degradam a matéria orgânica presente na água e geram uma mistura de metano e dióxido de carbono, conhecida como biogás.

O objetivo do projeto é utilizar esse processo para produzir hidrogênio, revelou a instituição em comunicado.

"O desafio é maximizar a geração (de hidrogênio), porque as quantidades obtidas são baixas. Atualmente, estudamos como fazer com que as velocidades de produção do hidrogênio aumentem", disse Buitrón.

O pesquisador ressaltou que "o principal interesse" no uso do hidrogênio está em "não gerar gases do efeito estufa, pois, como subproduto de sua combustão, só se produz água", e porque "tem um alto poder calorífico".

Segundo ele, o valor energético de um quilograma de hidrogênio é equivalente ao de 2,4 quilogramas de metano, além de ter 2,75 vezes mais energia que os hidrocarbonetos.

Buitrón afirmou que, embora a matéria orgânica procedente das águas vindas do sistema de esgoto "seja talvez insuficiente para sustentar uma energia global", este processo poderia "ajudar a compensar, de maneira substancial, os custos do tratamento de líquidos", especialmente daqueles com altas concentrações de matéria orgânica.

    Leia tudo sobre: energiatratamento de águaméxico

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG