Cientistas fazem cócegas em gorilas para estudar evolução da gargalhada

Estudo quer descobrir quando as risadas surgiram entre primatas e depois no ser humano

BBC Brasil |

selo



Cientistas britânicos estão estudando como primatas reagem a cócegas para descobrir mais pistas sobre a evolução da gargalhada.

Pesquisadores da Universidade de Portsmouth estão monitorando o comportamento de gorilas em um zoológico em Kent, com ajuda dos tratadores dos animais.

Leia também:
A ciência do novo Planeta dos Macacos
Primatas envelhecem como seres humanos
Gorila que anda como ser humano se torna sensação na internet
Estrela do zoológico de BH, gorila Idi Amin se cortou e está com artrose
Gorila vira 'cinegrafista' em centro de conservação britânico

Uma das estrelas do estudo vem sendo a gorila Emmie, de 19 anos, que tem mostrado reações muito parecidas com a de humanos.

Os pesquisadores também estão encontrando grandes semelhanças entre os sons das gargalhadas de primatas com as risadas de seres humanos. Para os cientistas, a gargalhada pode ter nascido há 30 ou 60 milhões de anos.

    Leia tudo sobre: primatasmacacosrisadacomportamento animal

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG