Cientistas descobrem novas espécies nas profundezas do Atlântico

Alguns dos animais descobertos podem ser o elo evolucionário entre vertebrados e invertebrados. Veja galeria

BBC Brasil |

selo

Cientistas da Universidade de Aberdeen, na Escócia, anunciaram ter descoberto mais de 10 espécies marinhas após explorar as profundezas do Oceano Atlântico.

O fotógrafo David Shale, que registrou várias espécies, disse à BBC Brasil que "muitas destas criaturas nunca foram vistas antes". Segundo os pesquisadores, o resultado da expedição pode revolucionar o conhecimento sobre a vida no mar profundo.

O grupo usou uma sonda britânica de exploração controlada remotamente e que é capaz de alcançar uma profundidade de 3,6 mil metros. Entre as criaturas capturadas pela equipe do programa internacional de pesquisas MAR-ECO, foi encontrado um grupo que se acredita estar próximo do elo evolucionário que falta entre animais invertebrados e vertebrados.

Muitas outras espécies raras foram coletadas durante a viagem de seis semanas a bordo do navio de pesquisas James Cook. O estudo, que utilizou a tecnologia submarina mais recente, aconteceu em junho.

Veja a galeria:

    Leia tudo sobre: oceanoexpediçãoespécies marinhas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG