Cientistas avançam na criação de pulmão artificial

Duas equipes de cientistas conseguiram resultados em pesquisas para criar pulmão artificial na última semana

iG São Paulo |

Uma equipe de cientistas da Universidade Yale, de Connecticut (EUA), criou tecido pulmonar em laboratório e implantou em ratos, permitindo que os animais respirassem e transferissem oxigênio para as células.

Já outro grupo de pesquisadores da Universidade Harvard, em Massachusetts, também nos Estados Unidos, desenvolveu um pequeno dispositivo a partir de tecido humano e de materiais sintéticos, capaz de "respirar" como um pulmão humano. O resultado de ambos os estudos foram publicados esta semana pela revista "Science", e demonstram grandes avanços na tentativa de criação de um tecido pulmonar artificial, que poderá ser usado em futuros transplantes ou no teste de novas drogas.

As doenças pulmonares causam mais de 400 mil mortes todos os anos nos Estados Unidos. Até agora, a única forma utilizada para substituir o tecido pulmonar danificado em pessoas adultas é o transplante de pulmão, um procedimento com uma alta taxa de rejeição e infecção, com índices de 10 a 20% de sobrevivência após dez anos da operação. Confira a reportagem da TviG no vídeo abaixo:

null

    Leia tudo sobre: pulmãoartificialtransplante

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG