Cientistas americanos criam "robô água-viva"

Pesquisa apoiada pela Marinha dos Estados Unidos criou equipamento que imita os movimentos do animal

AFP |

Getty Images
Águas vivas usam a água do mar para se movimentar, um mecanismo que cientistas conseguiram imitar em robôs
Cientistas americanos trabalham em um robô água-viva que usa a energia sem limites da água do mar para se movimentar, segundo uma pesquisa apoiada pela Marinha americana, que será publicada na edição desta quarta-feira do periódico Smart Materials and Scructures, do Instituto Britânico de Física.

O "robô água-viva" imita os movimentos do celenterado ao usar um músculo circular para expandir seu corpo e rapidamente contrai-lo, expelindo água e, desta forma, movimentando seu corpo para a frente.

O corpo do robô é constituído de oito segmentos de materiais "inteligentes", capazes de mudar de forma e tamanho para reproduzir os movimentos naturais do nado de uma água-viva. Sua energia deriva das reações químicas criadas em sua superfície, explicaram os criadores da máquina em um comunicado.

Mais precisamente, o oxigênio e o hidrogênio que compõem a água ambiente reagem com a platina depositada na superfície do robô para produzir calor. O calor percorre os músculos artificiais, fazendo com que os oito segmentos se contraiam e, assim, expulsem a água. Após a contração, os segmentos relaxam e voltam à sua forma original.

Veja outros robôs inspirados em animais:
Vídeo: Robô 'guepardo' quebra recorde de velocidade

Robô chinês monitora desmatamento na floresta
Agilidade das lagartas é reproduzida em novo robô de resgate
Americanos criam robô-lagartixa
Robô-lagartixa é capaz de escalar paredes

"No nosso conhecimento, esta é a primeira vez que conseguimos alimentar um robô submarino usando hidrogênio ambiente como fonte de energia", afirmou Yonas Tadesse, do Instituto Politécnico de Virgínia (Virginia Tech), nos Estados Unidos).

Ainda em fase de testes de laboratório, o "robô água-viva" se movimenta em apenas uma direção porque todos os oito segmentos são ativados ao mesmo tempo.

O próximo passo será alimentar cada segmento, habilitando o robô a se movimentar e ser controlado em direções diferentes.

Veja abaixo um vídeo do robô, movido por eletricidade no lugar da água do mar a fim de demonstrar seus movimentos (em inglês):


Caso não consiga ver o vídeo, clique para assistir na TV iG:

Cientistas criam ´robô água-viva`
    Leia tudo sobre: robóticaanimaisoceanotecnologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG