Cidade de 3.500 anos é localizada no Egito

Antiga capital do país, Aváris foi mapeada com a ajuda de imagens de radar

EFE |

EFE
Imagem de radar mostra cidade soterrada de Avaris
Uma missão de arqueólogos austríacos localizou uma cidade soterrada há mais de 3,5 mil anos, na província egípcia de Sharqiya, no delta do Nilo, anunciou hoje o Conselho Supremo de Antiguidades (CSA).

Pelo comunicado do CSA, a cidade, descoberta a partir de prospecções geofísicas feitas por meio de radares, fazia parte de Aváris, capital egípcia entre os anos 1664 e 1569 a.C., durante o período de domínio dos hicsos.

Nas imagens captadas pelas equipes de pesquisa é possível identificar ruas, casas, templos e túmulos, assim como o planejamento urbanístico da localidade.

O secretário-geral do CSA, Zahi Hawass, sustentou que radares configuram o melhor método para delimitar Avaris, cujos vestígios estão soterrados, para se ter uma ideia da dimensão desta cidade antes de iniciar as escavações. Os arqueólogos localizaram ainda um porto, vários poços, duas ilhas e um braço do rio Nilo que passava pela cidade.

    Leia tudo sobre: egitocidadearqueologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG