Chuva de meteoros Perseidas risca o céu no fim de semana

Auge do fenômeno foi às 3 horas da madrugada de sábado, com até 30 meteoros caindo por hora

Maria Fernanda Ziegler, iG São Paulo |

Na madrugada deste sábado aconteceu o pico da chuva de meteoros Perseidas, provocada pelos detritos do cometa Swift-Tuttle. O fenômeno pôde ser visto em todo o planeta, sendo melhor visto no Hemisfério Norte. Abaixo do Equador, a chuva ocorreu muito próxima à linha do horizonte.

No Brasil, o melhor horário para ver o fenômeno foi às 3h da madrugada deste sábado. Localidades mais ao norte do País tiveram uma visão mais clara da chuva de meteoros.

De acordo com o diretor do Planetário de São Paulo, João Paulo Delicato, a expectativa era que o espetáculo não fosse tão forte quanto no ano passado. “Espera-se que caiam de 20 a 30 meteoros por hora”, disse ao iG . Para fazer uma comparação, na última chuva de detritos do cometa Halley , ocorrida em maio deste ano, caíram de 40 a 60 meteoros por hora. Outro fator que dificultou a visualização foi a lua cheia, que deixou a noite mais clara.

Veja algumas imagens da chuva de meteoros:

A chuva de meteoros Perseidas ocorre todo mês de agosto. Ela é decorrente do cometa Swift-Tuttle, que orbita o Sol a cada 133 anos. A passagem do cometa próximo à Terra é uma raridade, mas em todo o mês de agosto, a Terra cruza a nuvem de detritos deixada pelo cometa. De acordo com a Nasa, o espetáculo da chuva de meteoros Perseida é observado pelo homem há, pelo menos, 2 mil anos. Ela recebe este nome por causa da constelação de Perseu, de onde o chamado radiante de meteoros parece surgir.

Delicato explica que neste período a Terra está passando pela nuvem de detritos de gelo e metal deixada pelo cometa. “Vale lembrar que ela não é uma coisa homogênea, a chuva de meteoros não é algo que acontece de uma só vez e de uma hora para outra”, disse. Os detritos entram na atmosfera da Terra a uma velocidade de 300 mil a 400 mil km/h. “O brilho da estrela cadente é provocado justamente por esta queima das partículas”, disse.

Visualização no Planetário do Ibirapuera
Nesta sexta-feira, o Planetário de São Paulo promoveu o evento “Banho de Lua”, às 19h. Lá, é possível observar o céu com o auxílio de telescópio. Houve uma apresentação explicando a chuva de meteoros Perseidas além de observação da lua cheia.

    Leia tudo sobre: chuva de meteorosperseidas

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG