Cemitério indígena de 800 anos é descoberto na Costa Rica

Complexo funerário foi descoberto por acidente nos arredores da capital costarriquenha

AFP |

AFP
Arqueológos vasculham os túmulos feitos de pedra do cemitério indígena recém-descoberto na Costa Rica
Um cemitério indígena de 800 anos de antiguidade foi descoberto perto da capital da Costa Rica por trabalhadores que faziam escavações para a construção de uma casa, informaram nesta terça-feira (20) arqueólogos do Museu Nacional.

Os túmulos, recobertos com pedras, foram encontrados há dois meses, mas sua descoberta foi mantida em segredo, enquanto avançavam os trabalhos dos cientistas.

"É um complexo funerário composto de pedras de rio e lajes", disse à imprensa a arqueóloga responsável, Maritza Gutiérrez.

Explicou que o cemitério, no qual foram encontradas até agora 26 ossadas de crianças, adolescentes e adultos, remonta ao ano de 1200 aproximadamente.

    Leia tudo sobre: arqueologiacemitériocosta rica

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG