Cápsula da sonda espacial japonesa foi recuperada na Austrália

É a primeira vez que uma sonda retorna à terra depois de ter entrado em contato com um asteroide

AFP |

A cápsula da sonda espacial japonesa "Hayabusa", que no domingo regressou à Terra depois de uma viagem de sete anos que a levou até um esteroide, foi recuperada nesta segunda-feira por cientistas no deserto da Austrália.

A sonda Hayabusa (em português, Falcão) se desintegrou no domingo ao entrar na atmosfera terrestre, ao término de uma viagem de sete anos e 5 bilhões de quilômetros.

O artefato lançou então a cápsula quando sobrevoava a zona militar Woomera, no deserto australiano.

A cápsula, do tamanho de uma bola de basquete, deve conter matéria procedente de um asteroide.

A sonda aterrissou em 2005 em um corpo celeste denonimado Itokawa, cuja idade é de vários milhões de anos, com a missão de recolher mostras de material.

É a primeira vez na história da conquista espacial que uma sonda volta à Terra depois de ter entrado em contato com um asteroide.

Porém, os inúmeros problemas técnicos que sofreu o aparelho, devido especialmente à pouca gravidade que existe na superfície do asteroide, levantam dúvidas sobre a presença de amostras na cápsula que caiu no deserto australiano.

    Leia tudo sobre: japãosonda espacialasteroides

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG