Cangurus pequenos trazem solução para flatulência de gado

Marsupiais emitem 20% do metano de vacas pela mesma quantidade de comida. Estudo de seu sistema digestivo pode ajudar pecuária

iG São Paulo |

Getty Images
A flora intestinal dos wallabies pode ser a chave para a solução da flatulência de gado
Pesquisadores australianos divulgaram nesta quinta-feira (30) um estudo que uma raça de canguru pequena, conhecida como wallaby, produz apenas um quinto do gás metano emitido por vacas pela mesma quantidade de comida, apesar de suas dietas serem bastante semelhantes e a diferença entre seus sistemas intestinais podem trazer novos caminhos para melhorar a digestão do gado e assim aliviar o aquecimento global.

O metano produzido pela flatulência do gado é considerado um dos maiores fatores para o aumento do efeito estufa no planeta.

A pesquisa, patrocinada pela Organização de Pesquisa Científica e Industrial da Commonwealth, descobriu que a flora estomacal do marsupial é composta por um conjunto de bactérias diferente do dos ruminantes, que processam melhor os vegetais.

Mark Morrisson, principal autor do estudo, publicado pelo periódico científico Science e , espera que esse conhecimento possa beneficiar a pecuária: “Sabemos que existem parentes distantes das bactérias do wallaby na flora intestinal do gado, então nosso próximo objetivo é achar um modo de aumentar seu número nos ruminantes para conseguir um efeito similar”.

(Com informações da AP)

    Leia tudo sobre: aquecimento globalgadometanomarsupiais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG