Cães coloridos são moda na China

O visual, popular entre a alta classe chinesa, custa caro. Veterinários alertam que há risco para a saúde dos animais

BBC Brasil |

selo

A última moda entre donos de cachorro da alta classe de Pequim são pinturas de corpo inteiro para os animais.

O visual no corpo inteiro custa cerca o equivalente a R$ 530 - mais que o salário de um mês de um operário chinês. Mas isso não impede que os emergentes da capital da China "transformem" os seus poodles em zebras, pandas ou até morangos.

No Ruowen Pet Spa, as opções incluem ainda: tartaruga, biquini e tigre. A loja afirma só usar tintura natural, como batons, que seriam inofensivos aos animais, mesmo se ingeridos.

Mas alguns veterinários alertam para os riscos para a pele dos cães, que é três vezes mais fina que a humana.

Veja o vídeo:

    Leia tudo sobre: cachorrosmodapets

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG