Britânicos sequenciam genoma do trigo

Cientistas acreditam que mapeamento poderá ajudar produção agrícola e resultar em diminuição do preço de alimentos

iG São Paulo |

© AP
Sequenciamento genético pode ajudar a criar melhores linhagens de trigo
Cientistas britânicos decodificaram o genoma do trigo - uma das culturas agrícolas mais antigas e importantes do mundo - e esperam, poder ajudar a criar melhores e produtivas linhagens da planta. O sequenciamento genético vai ficar disponível na internet.

"O genoma do trigo é o santo graal dos genomas de plantas," disse Nick Talbot, professor de biociências na Universidade de Exeter, que não estava envolvido na pesquisa. "Vai revolucionar o modo como o cultivamos".

Ele acredita que, as informações poderiam ajudar agricultores a identificar as variações genéticas responsáveis pela resistência a doenças, tolerância à seca e produtividade. Embora a sequência genética publicada nesta sexta-feira (27) seja ainda um rascunho, o cientista da Universidade de Liverpool Neil Hall, que liderou o sequenciamento, especula que não irá demorar muito para que seu trabalho tenha impacto no campo nos próximos cinco anos. Entre os benefícios potenciais estaria uma possível queda no preço de alimentos básicos como o pão.

Este ano marca o décimo aniversário da data em que o genoma humano foi desvendado e o trigo é um retardatário no mapeamento do DNA. Outras culturas tiveram seus códigos genéticos sequenciados, como o arroz e o milho. A razão para a demora, segundo Hall, é o fato de o código genético do trigo ser enorme -- cerca de cinco vezes maior que o genoma humano .

(Com informações da AP)

    Leia tudo sobre: trigogenomaagricultura

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG