Aventureiro testa salto livre no espaço com sucesso

Austríaco saltou a 21 km de altitude em cápsula pressurizada e conectada a balão de hélio

BBC Brasil |

selo

Jay Nemeth/Red Bill Stratos e Jorg Mitter/Red Bill Stratos
Austríaco se prepara para saltar a 21,8 km de altitude
O aventureiro austríaco Felix Baumgartner testou com sucesso, na quinta-feira (15), o salto que pode lhe dar o novo recorde mundial de skydiving, modalidade de esporte em que uma pessoa salta de grandes altitudes e faz manobras no ar, antes de abrir um paraquedas.

Leia mais: Paraquedista prepara salto da 'beira do espaço'

Baumgartner saltou quando estava a 21,8 km de altitude, em uma cápsula pressurizada conectada a um balão de hélio.

Jay Nemeth/Red Bill Stratos e Jorg Mitter/Red Bill Stratos
Aventureiro usou saltou em uma cápsula pressurizada conectada a um balão de hélio
O austríaco voou acima de uma zona crítica conhecida como a Linha Armstrong, a partir da qual a sobrevivência é impossível por conta da falta de atmosfera. A temperatura externa chega a 70 graus negativos.

O acessório mais importante usado no salto é a roupa que cobre toda a superfície do seu corpo. O vestuário é fundamental para manter o corpo sob a pressão atmosférica adequada e para o fornecimento de oxigênio.

Leia mais:
Com que roupa se vai para o espaço
Como seria morrer no vácuo do espaço?

Ao saltar, segundo informações da Red Bull Stratos (projeto que combina patrocinador e cientistas em torno do propósito de Baumgartner), o austríaco teria atingido a velocidade de 585,7 km/h.

'Vista incrível'
O objetivo do projeto é permitir que Baumgartner salte do balão a 36,5 quilômetros de altitude. O salto não tem data marcada, mas será feito ainda este ano.

Se a tentativa for bem-sucedida, Baumgartner conseguirá bater um recorde estabelecido em 1960 pelo aventureiro Joe Kittinger, que pulou de um balão a 31 quilômetros de altura. Kittinger faz parte hoje da equipe de Baumgartner e acredita que todo o esforço do austríaco dará certo.

Jay Nemeth/Red Bill Stratos e Jorg Mitter/Red Bill Stratos
Baumgartner clebra teste com Mike Todd, engenheiro que cuida da cápsula
O salto de quinta-feira foi o mais alto que Baumgartner fez em sua vida. "A vista é incrível, muito melhor do que eu imaginava", disse ele depois do feito, segundo sua assessoria de imprensa.

Ainda antes de saltar, o austríaco chegou a se curvar para ter uma noção da altura "Pensei que tinha que abrir o paraquedas, mas me dei conta de que eu ainda estava a pouco mais de 15 km de altitude", brincou.

O austríaco, de 42 anos de idade, ficou famoso por ter saltado de paraquedas de lugares como o Cristo Redentor, no Rio de Janeiro, o Millau Viaduct, no sul da França, e da torre Taipei 101, em Taiwan.
Equipes da BBC e da National Geographic estão fazendo um documentário sobre o salto no espaço de Baumgartner.

 (ATUALIZAÇÃO 18H55: A nota original foi editada no terceiro parágrafo para retirar a menção a alta pressão como fator para impossibilidade de sobrevivência a uma altitude de 21 quilômetros)

    Leia tudo sobre: aventurasalto de para-quedasespaço

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG