Atlantis preparado para seu último voo para a ISS

Após esse lançamento, apenas mais dois devem acontecer antes dos ônibus espaciais serem aposentados

AFP |

O ônibus espacial Atlantis está pronto para seu último voo, com seis astronautas a bordo, para levar o pequeno módulo russo Rassvet, equipamentos e alimentos para a Estação Espacial Internacional (ISS).

Depois desse voo, só restarão dois lançamentos de ônibus espaciais, o do Discovery em meados de setembro e do Endeavour, no fim de novembro. Depois, os três ônibus espaciais serão retirados de serviço após três décadas operacionais.

"Por ora, não há qualquer problema técnico que possa atrapalhar a decolagem do Atlantis como está previsto", indicou Allard Beutel, porta-voz da Nasa, menos de cinco horas antes da ignição dos motores.

A decolagem está prevista para as 18H20 GMT do Centro Espacial Kennedy, perto de Cabo Cañaveral (Flórida), em meio a uma janela de lançamento de dez minutos.

Segundo as previsões meteorológicas, havia 70% de probabilidades de que as condições sejam favoráveis para a partida.

Durante esta missão de 12 dias, dos quais sete o ônibus passará acoplado à ISS, o Atlantis e sua tripulação transferirão mais de 12 toneladas de materiais, seis bateriais para as antenas solares da estação, alimentos e experiências científicas.

O módulo russo Rassvet ("Aurora", em ruso) ou MRM-1 é o maior elemento dos transportados pela Atlantis.

A ISS, um projeto de 100 bilhões de dólares que começou em 1998, no qual participam 16 países, é financiado principalmente pelos Estados Unidos.

Depois do fim dos ônibus espaciais, os Estados Unidos dependerão dos Soyuz russos para levar seus astronautas à Estação, até que um lançador americano fique pronto para substituição em 2015.

js/cn

    Leia tudo sobre: atlantisônibus espacialissnasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG