Astronautas encerram caminhada sem regular sistema de refrigeração da ISS

Uma das bombas que deveriam ser substituída estava completamente obstruída e exigiram mais tempo que o estimado

EFE |

Os astronautas americanos Doug Wheelock e Tracy Caldwell Dyson concluíram neste sábado a primeira de duas caminhadas programadas pela Nasa para reparar o sistema de refrigeração da Estação Espacial Internacional (ISS), sem poder substituir uma das bombas de amoníaco danificadas.

Quase quatro horas após começar a caminhada, os astronautas afrontaram um grande revés, já que uma das quatro bombas que deveriam ser substituídas estava completamente obstruída. Durante a jornada, os Wheelock e Dyson conseguiram desligar os outros três módulos, mas as demoras impediram que pudessem desemperrar a quarta instalação.

Sem tempo para continuarem a caminhada, os astronautas decidiram reconectar a tubulação à bomba estragada. Isso os obrigou a suspender alguns experimentos científicos e a apagar vários sistemas para impedir um superaquecimento da ISS, que depende do amoníaco líquido para esfriar seus sistemas. Segundo as autoridades da Nasa, o problema com a bomba é uma falha considerável desde que o laboratório foi colocado em órbita, há doze anos. A Nasa previu outra caminhada para a próxima quarta-feira a fim de que os astronautas tenham tempo suficiente para descansar e preparar uma segunda tentativa.

    Leia tudo sobre: ISSconsertoastronautasNasa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG