Arqueólogos encontram três tumbas de 2.500 anos no Peru

Descoberta vai contribuir para o entendimento sobre a origem e a forma como foi consolidada a civilização ao do Peru

AFP |

Arqueólogos peruanos descubriram três tumbas de quase 2.500 anos da cultura pré-hispânica Cupisnique (1500 AC 100 AC) e cerâmicas de alto nível estilístico na região de Lambayeque (norte do país), informou à impresa neste sábado o pesquisador Franciso Valle Riestra.

"As tumbas se encontravam a dois metros de profundidade no complexo arqueológico Ventarrón, lugar que tem sido saqueado por delinquentes entre os anos 80 e 90", disse Riestra.

Segundo ele, os esqueletos estão em um estado ruim de conservação devido a umidade local. Para o arqueólogo Walter Alvam, diretor do Museu das Tumbas Reais de Sipán, a descoberta dará novas luzes sobre a origem e a forma com foi consolidada a civilização ao norte do Peru.

    Leia tudo sobre: Peruarqueologia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG