Arqueólogos descobrem antigo carimbo em Jerusalém

Descoberta confirma que cerimônias de sacrifício aconteciam junto ao Muro das Lamentações há 2000 anos

Reuters |

AP
Selo encontrado em Jerusalém tem as palavras "puro para Deus" em aramaico antigo
Arqueólogos israelenses disseram no domingo (25) ter descoberto um carimbo de argila de 2 mil anos, perto do Muro Ocidental, também conhecido como Muro das Lamentações, de Jerusalém, confirmando relatos escritos de rituais que eram realizados no templo sagrado judaico.

Mas o objeto do tamanho de um botão tem as palavras inscritas em aramaico "puro para Deus", indicando que era usado para certificar alimentos e animais usados para cerimônias de sacrifício.

Conheça outras descobertas arqueológicas em Israel:
Basílica em Israel pode abrigar túmulo do profeta Zacarias

Israel e Google publicarão na internet manuscritos do Mar Morto
Tábua encontrada em Israel é parecida com Código de Hamurabi

O Muro Ocidental faz parte de um complexo conhecido pelos judeus como o Monte do Templo e pelos muçulmanos como o Nobre Santuário, onde a mesquita islâmica al-Awsa e o Domo da Rocha estão localizados.

"Parece que o objeto era usado para marcar produtos ou objetos que eram trazidos para o Templo, e era imperativo que fossem puros segundo rituais", disse a Autoridade de Antiguidades de Israel, em comunicado para divulgar a descoberta.

A entidade disse acreditar ser a primeira vez que tal selo foi escavado, oferecendo uma prova arqueológica direta de rituais que eram realizados no templo e que eram descritas em textos antigos.

    Leia tudo sobre: arqueologiaisrael

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG