Segundo estudo, um número considerável de estrelas estaria enviando mensagens aos terráqueos por meio de pulsos de luz constantes

Cena do filme 'E.T. - O Extraterrestre', de 1982: cientistas afirmam que alienígenas estariam se comunicando conosco
Divulgação
Cena do filme 'E.T. - O Extraterrestre', de 1982: cientistas afirmam que alienígenas estariam se comunicando conosco

Algum tipo de vida inteligente extraterrestre está tentando se comunicar com a Terra. Isso é o que acredita um grupo de astrônomos franco-canadenses, que encontraram indícios de sinais enviados a partir de estrelas. As informações foram publicadas na revista Exame desta semana.

LEIA TAMBÉM:  Escolas que não forem desocupadas nesta segunda-feira terão o Enem cancelado

De acordo com a publicação, foram analisados 2,5 milhões de estrelas catalogadas na base de dados do Sloan Digital Sky Survey, o mais ambicioso levantamento astronômico em andamento na atualidade. Dessas, 234 estão emitindo pulsos de luz separadas por um intervalo de tempo constante, o que pode ser uma tentativa de comunicação extraterrestre .

O sinal, segundo os pesquisadores, tem exatamente a forma de um sinal ETI (sigla em inglês para inteligência extraterrestre) previsto por Ermanno Borra, um dos autores da pesquisa atual, em um artigo publicado em 2012.

No entanto, mesmo que a previsão de Borra tenha sido confirmada, os astrônomos garantem que tais sinais podem não ser enviados por alienígenas.

VEJA AINDA:  Como as eleições municipais desidrataram os partidos de esquerda

"Há também a chance de que os sinais sejam devido a composições químicas altamente peculiares em uma pequena fração de estrelas halo galácticas", afirma o grupo, em estudo publicado.

Ao redor do Sol

Além da similaridade com o sinal de Borra, o estudo mostra que a maioria das 234 estrelas foi encontrada entre a faixa espectral F2 e K1. Traduzindo, tais estrelas estão localizadas em torno do espectro do Sol. O nosso Sol é o único que sabemos que tem uma espécie inteligente que vive perto dele. Assim, é de se esperar que outros tipos de vida também precisem estar ao seu redor para sobreviver.

Vamos com calma

Mesmo que tal estudo desperte o interesse de muitos cientistas, grande parte deles acredita que seja preciso prudência antes de atribuir as supostas mensagens a ETs .

E MAIS:  Tucanos, evangélicos e derrota da esquerda: tendências reveladas pelas eleições

“Um trabalho cuidadoso deve ser feito para determinar taxas de falsos positivos, para descartar explicações naturais e instrumentais, e mais importante, para confirmar as detecções usando dois ou telescópios mais independentes”, diz um comunicado assinado pelo Breakthrough Listen – uma iniciativa para procurar vida extraterrestre, que conta com apoio de Mark Zuckerberg e Stephen Hawking – e publicado pela Astronomy Magazine.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.