Os fósseis do Notocolossus foram encontrados na província argentina de Mendoza e têm cerca de 86 milhões de anos

Um grupo de paleontólogos anunciou ter descoberto na Argentina os ossos fósseis do dinossauro “Notocolossus, um dos maiores animais terrestres conhecidos”, disseram nessa quinta-feira (21) fontes da investigação científica.

Evidência sugere que o Notocolossus foi um dos animais mais pesados já descoberto na Terra
Reprodução
Evidência sugere que o Notocolossus foi um dos animais mais pesados já descoberto na Terra


O grupo de investigadores, liderado pelo especialista argentino Bernardo González Riga, descobriu “uma nova espécie que se encontra entre os maiores dinossauros conhecidos pela ciência”, afirmou a equipe. Os fósseis, encontrados na província argentina de Mendoza, têm cerca de 86 milhões de anos.

A nova espécie “proporciona aos cientistas uma informação-chave sobre a anatomia da extremidade traseira dos tiranossauros gigantes”, considerados geralmente como os maiores animais terrestres que existiram. Segundo comunicado divulgado por González Riga, a “evidência sugere que foi um dos animais mais pesados já descoberto na Terra”.

“Apesar do caráter incompleto do esqueleto impedir a realização de estimativas precisas do seu tamanho, o úmero (osso do braço) tem 1,76 metrosde comprimento, sendo maior do que o e qualquer outro tiranossauro conhecido.” O paleontólogo acrescentou que o animal teria entre 25 e 28 metros de altura e pesaria entre 40 e 60 toneladas.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.