Foguete russo deve cair no planeta Terra nesta sexta-feira (8)

Por Ansa | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

No entanto, as previsões ainda são muitas incertas e podem ser revistas ao longo dos próximos dois dias, segundo especialista

O foguete russo "Progress M-27M", que está está caindo em direção à Terra, deve atingir o solo do planeta nesta sexta-feira, dia 8.

Cenário: Foguete russo descontrolado irá cair na Terra

Após adiamento na quinta-feira, foguete foi lançado pela Nasa da base de Cabo Canaveral, na Flórida. Foto: ReutersFoguete Delta IV-Heavy é o mais poderoso foguete de lançamento do mundo. Foto: ReutersProjeto é da Nasa, mas o desenvolvimento da cápsula foi feito pela Lockheed Martin. Foto: ReutersDelta vai enviar a Orion em duas voltas em torno da Terra. Foto: ReutersVoo decolou nesta sexta-feira da base de Cabo Canaveral, no Estado americano da Flórida. Foto: ReutersFoguete Delta IV vai levar cápsula Orion ao espaço. Foto: ReutersFoguete Delta IV-Heavy foi lançado nesta sexta-feira . Foto: Reuters

A notícia foi dada pelo especialista do Instituto de Física Aplicada do Conselho Nacional de Pesquisas de Florença (Ifac-CNR) e membro do Comitê Internacional para o Monitoramento de Detritos Espaciais (Iadc), Alessandro Rossi.

Maio: Viagem a Marte pode causar danos no cérebro, indica estudo

No entanto, as previsões ainda são muitas incertas e podem ser revistas ao longo dos próximos dois dias. Segundo Rossi, a espaçonave "continua a cair e, em relação a ontem, desceu alguns quilômetros". Atualmente, o ponto mais distante da órbita se encontra a 212 quilômetros do planeta e o mais próximo, a 170 quilômetros.

Para Luciano Anselmo, do Instituto de Ciência e Tecnologia da Informações do Conselho Nacional de Pesquisas de Pisa (Insti-CNR), "embora o foguete continue a rodar rapidamente sobre ele mesmo, o seu comportamento dinâmico é bastante regular e permite previsões precisas, contudo a janela de incerteza ainda é muito ampla".

"Neste momento, todo o planeta está interessado e as únicas áreas que podem se excluir são os pólos, que não são sobrevoados pelo veículo", concluiu Anselmo.

Leia tudo sobre: fogueterussiaprogress m 27 mrossi

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas