Após acidente, bilionário diz que projeto de turismo espacial vai continuar

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Dono da Virgin Galactic garante que mesmo após explosão da SpaceShip Two mantém sonho de viagens espaciais comerciais

BBC

O bilionário britânico Richard Branson, dono da Virigin Galactic, empresa que busca o pioneiro em vôos espaciais comerciais, afirmou neste sábado (1º) que o acidente com a SpaceShip Two não causará o cancelamento do projeto de "turismo espacial". Por meio de seu blog, Branson, de 64 anos, disse estar "profundamente triste" com a explosão da aeronave durante a realização de um teste, no deserto de Mojave (Califórnia, EUA).

Entenda: Acidente com nave especial deixa um morto na Califórnia (EUA)

O acidente matou um dos pilotos e deixou o outro gravemente ferido. Porém, o bilionário declarou que continuará perseguindo o sonho de oferecer viagens espaciais. "O espaço é rigoroso, mas valerá a pena. Vamos seguir em frente juntos", escreveu. O plano original da Virgin Galactic era lançar um primeiro vôo sub-espacial a partir do ano que vem.

AP
Destroços da nave espacial no deserto de Majove, na Califórnia, nos EUA

Mais de 700 pessoas já tinham feito reservas, apesar do altíssimo preço da passagem - cerca de R$ 625 mil. Revés Branson seria passageiro da viagem inaugural, mas celebridades como o cantor Justin Bieber e o ator Leonardo Di Caprio teriam entrado na fila, segundo o jornal "Los Angeles Times".

A SpaceShipTwo fazia testes há nove meses. Segundo a Virgin Galactic, a aeronave "sofreu uma séria anomalia" no voo de sexta-feira. Há informações de que este teste usou pela primeira vez um novo combustível. A empresa, no entanto, afirmou que o combustível tinha sido testado de forma extensiva no solo.

O fotógrafo Ken Brown, que testemunhou o episódio, disse à AP que a aeronave explodiu depois de ser lançada de um avião, em altas altitudes. O avião pousou normalmente, disse a Virgin Galactic. As causas do episódio ainda serão apuradas, mas trata-se de um claro revés para uma empresa pioneira na exploração do turismo espacial, avalia David Shukman, editor de ciência da BBC.

A SpaceShipTwo tinha design e motor inovadores, que tornaram seu desenvolvimento excepcionalmente complexo, dificultando a expectativa de Richard Branson de lançar nos próximos meses a primeira aeronave com passageiros ao espaço. Em comunicado, a Virgin afirmou que "trabalhará com as autoridades relevantes para determinar a causa desse acidente".

Leia tudo sobre: acidentespaceship twocalifórniamortesturismo espacial

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas