Assistir a filmes de ação favorece ganho de peso, diz estudo

Por BBC Brasil | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Segundo as descobertas, publicadas na revista JAMA Internal Medicine, pessoas beliscam muito mais durante filmes de ação

BBC

Assistir a filmes de ação pode estimular o ganho de peso, diz uma nova pesquisa desenvolvida por cientistas americanos.

Estudo: Beber água antes de refeição ajuda a perder peso

Thinkstock
Segundo cientistas, gênero 'dispersa' e incentiva telespectadores a comer mais


Abril: Anvisa define limites para presença de restos de insetos em alimentos

Estudos realizados anteriores já associavam o tempo gasto em frente à TV à obesidade, mas a equipe de pesquisadores da Universidade Cornell, nos Estados Unidos, tentou estabelecer quais gêneros favoreceriam os quilos a mais.

As descobertas, publicadas na revista científica JAMA Internal Medicine, revelaram que as pessoas beliscam muito mais durante os filmes de ação. Os autores do estudo afirmam que as pessoas devem evitar 'petiscar' enquanto assistem à TV.

Segundo especialistas, a TV é associada à obesidade por causa das propagandas de comida fast-food, do sedentarismo e da distração. Eles dizem que diante da TV as pessoas não percebem quanto estão comendo.

'Boca nervosa'

Para conduzir a pesquisa, os cientistas acompanharam 94 estudantes que receberam tigelas cheias de chocolate, biscoitos, cenouras e uvas enquanto assistiam à TV.

Os cientistas compararam então quanta comida eles ingeriram durante o filme de ação A Ilha com um programa de entrevistas. O resultado mostrou que as pessoas comiam quase duas vezes e consumiam cerca de 65% a mais de calorias durante o filme.

A diferença foi mais preponderante em homens do que em mulheres.

"A TV pode levar telespectadores distraídos a comer sem pensar, passando do ponto em que uma pessoa normal pararia de comer", diz um trecho da pesquisa.

"Médicos deveriam conversar com seus pacientes sobre os perigos de comer em frente à TV".

"Eles [médicos] deveriam alertar em particular contra o efeito potencial de alguns conteúdos altamente dispersantes, como filmes de ação, pois tais gêneros estimulam excessos".

"Quando o conteúdo televisivo é altamente dispersante, o melhor a fazer é evitar petiscar".

Leia tudo sobre: filmes de acaocientistasengordarmedicoseua

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas