Frascos de varíola esquecidos são encontrados em caixa de papelão nos EUA

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Os vírus, que estariam mortos, foram achados em seis frascos congelados e lacrados, afirma centro de prevenção de doenças

BBC

Frascos de varíola esquecidos havia muito tempo foram encontrados dentro de uma caixa de papelão por um cientista do governo americano em um centro de pesquisa perto de Washington, segundo autoridades.

Debate: Destruição de amostras de vírus da varíola segue polêmica

BBC
Varíola foi oficialmente declarada erradicada na década de 80

Os vírus, que estariam mortos, foram achados em seis frascos congelados e lacrados, de acordo com o Centro de Controle e Prevenção de Doenças (CDC, sigla em inglês). Trata-se da primeira vez em que frascos não registrados e "esquecidos" contendo o vírus da varíola são encontrados nos Estados Unidos. A doença foi oficialmente declarada erradicada na década de 1980.

"Os frascos parecem datar da década de 1950. Após a descoberta, eles foram imediatamente guardados e colocados em segurança", diz o órão em um comunicado.

"Não há nenhuma evidência de que qualquer um dos frascos tenha sido quebrado, e a equipe de biossegurança não identificou risco de exposição infecciosa aos trabalhadores de laboratório ou para o público em geral", acrescentou o comunicado.

As agências governamentais foram notificadas da descoberta no dia 1º de julho, depois que funcionários do Instituto Nacional de Saúde (NIH, na sigla em inglês) descobriram os frascos rotulados com "varíola".

Os frascos foram localizados em uma área não utilizada de um depósito em um campus do NIH em Bethesda. Eles foram posteriormente transportados para uma área segura em Atlanta, no Estado da Geórgia, no dia 7 de julho.

Testes serão realizados para determinar o estado do material, que será destruído em seguida, disse o CDC. O vírus pode ter sobrevivido a temperaturas de congelamento.

O CDC também notificou a Organização Mundial da Saúde (OMS) da descoberta. A OMS atualmente supervisiona dois locais que armazenam a varíola: um em Atlanta e outro em Novosibirsk, na Rússia.

Esses não são os primeiros frascos de varíola descobertos de forma inesperada. Vários frascos foram encontrados no fundo de um freezer na Europa Oriental na década de 1990, de acordo com relatos da mídia.

Leia tudo sobre: varíolaeuavírus

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas