Moedas de 2 mil anos são achadas em caverna

Por BBC Brasil |

compartilhe

Tamanho do texto

Tesouro 'emocionante' encontrado no Reino Unido reúne moedas pré-históricas da Idade do Ferro e do período romano

BBC

National Trust
Segundo especialistas, é a primeira vez que moedas de duas civilizações distintas são encontradas juntas

Uma reserva preciosa de moedas do período romano e do final da Idade do Ferro - o último período usado para classificar as sociedades pré-históricas - foi descoberta em uma caverna onde permaneceu intacta por mais de 2 mil anos.

Vídeo: Casal 'tropeça' em pote com moedas de ouro que valem milhões nos EUA

O tesouro foi encontrado em Dovedale, no condado de Derbyshire, no centro da Inglaterra, por um indivíduo que se deparou inicialmente com quatro moedas. A descoberta deu início à escavação completa do local.

Segundo especialistas, é a primeira vez que se encontram moedas dessas duas civilizações distintas enterradas juntas.

'Riqueza e poder'

Os arqueólogos descobriram 26 moedas, incluindo três do período romano, que datam de antes da invasão das ilhas britânicas pelo Exército de Roma, em 43 d.C.

Fortuna: Professora substituta é herdeira de US$ 7,4 milhões em moedas de ouro

Foram encontradas também 20 peças de ouro e prata que datam dos últimos anos da Idade do Ferro, que na Grã-Bretanha engloba o período 800 a.C.-100 d.C. Os artefatos pertenceriam à tribo Corieltavi, que vivia na ilha antes da invasão romana.

Apesar de moedas romanas serem normalmente encontradas no campo, acredita-se que esta seja a primeira vez que elas são encontradas em uma caverna.

"As moedas sugerem a quantidade de riqueza e poder do indivíduo que as possuía", disse a arqueóloga da entidade britânica do patrimônio histórico, o National Trust. "Durante a Idade do Ferro, moedas eram usadas mais como um símbolo de poder e status do que para comprar e vender alimentos e outras necessidades."

'Descoberta emocionante'

O maior tesouro de ouro e prata da Idade do Ferro já encontrado na Grã-Bretanha foi descoberto por um arqueólogo amador próximo a Hallaton, no condado de Leicestershire, no ano 2000.

Mais de 5 mil moedas, joias e um capacete romano banhado a prata estavam entre os tesouros encontrados durante a escavação.

O curador de moedas romanas e da Idade do Ferro do Museu Britânico, Ian Leins, disse que, apesar de não ser tão numeroso quanto a descoberta de Hallaton, o tesouro encontrado em Dovedale é "emocionante".

Pela primeira vez, a National Trust contou com a ajuda de ex-soldados que estiveram no Afeganistão para ajudar na escavação.

As moedas foram limpas por especialistas em conservação do Museu Britânico e da University College London, e ficarão expostas permanentemente no museu de Buxton a partir do final deste ano.

Leia tudo sobre: idade de ferroperíodo romanomoedasarqueologia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas