Prêmio pagará R$ 105 mil ao projeto vencedor; entre os projetos competidores, há um imobilizador de plástico que substitui o gesso e carregador que capta energia eólica

BBC

Vinte invenções foram pré-selecionadas para o prêmio James Dyson de engenharia deste ano. O vencedor ganhará o prêmio de 30 mil libras (R$ 105 mil). Ao todo, 650 projetos competiram, de 18 países.

Conheça a nova home do Último Segundo

Veja galeria de fotos com os 20 finalistas do prêmio:

Entre os selecionados está o vencedor da rodada britânica, o gerador "Renewable Wave Power", dispositivo que colhe energia das marés usando dois pistões.

Outros concorrentes são o "Xarius", objeto móvel que usa o vento para gerar energia, podendo depois ser usado para recarregar outros dispositivos, como um celular por exemplo.

O "Biowool" usa restos da indústria da lã e os transforma em material que pode ser usado como substituto para o plástico; o "Cortex" é um imobilizador impresso em 3D que pode ser usado como alternativa para o gesso; e o "Mamori", um protetor de boca inteligente para atletas, equipado com sensores que pode alertar médicos caso seja detectado um alto risco de concussão.

O vencedor internacional será anunciado no dia 7 de novembro, junto com dois projetos que ficarão em segundo lugar.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.