Morre astronauta Scott Carpenter, segundo norte-americano a orbitar a Terra

Por Reuters |

compartilhe

Tamanho do texto

Astronauta tinha 88 anos e morreu por complicações decorrentes de um derrame em uma clínica em Denver

Reuters

AP
Astronauta Scott Carpenter faz gesto antes de orbitar a Terra, na Flórida, EUA (05/1962)

O astronauta Scott Carpenter, que em 1962 se tornou o quarto norte-americano a chegar ao espaço e o segundo a orbitar a Terra, morreu aos 88 anos na quinta-feira (10), no Colorado, por complicações decorrentes de um derrame, disse a mulher dele, Patty Carpenter. Ele morreu em uma clínica, em Denver.

Conheça a nova home do Último Segundo

A Administração Nacional de Aeronautas e Espaço escolheu Carpenter e outros seis pilotos para serem astronautas do programa espacial Mercury em 1959, na época em que os EUA entraram na corrida espacial com a então União Soviética.

Imagens: Veja a evolução dos trajes espaciais usados por astronautas da Nasa

O único membro da equipe do Mercury 7 que está vivo é John Glenn, 92 anos, aposentado como ex-senador do Estado de Ohio. Em 1962, Glenn tornou-se o primeiro norte-americano a orbitar a Terra, e Carpenter era seu substituto na missão.

Em 2012: Neil Armstrong, primeiro homem a pisar na Lua, morre aos 82 anos

Relembre: Armstrong diz que havia apenas 50% de chance de pousar na Lua

Mais tarde naquele ano, Carpenter fez seu voo espacial na nave Aurora 7 e completou três voltas ao redor da Terra no dia 24 de maio, semanas depois de completar 37 anos.

O voo de menos de cinco horas fez com que ele se tornasse o segundo norte-americano a orbitar a Terra, uma experiência que o acompanhou até o fim da sua vida.

"Eu ainda lembro da emoção de estar lá em cima, eu gostei da sensação da estar sem peso, e a vista que eu tive da Terra", disse a uma revista da Universidade do Colorado no ano passado.

Leia tudo sobre: astronautanasaeuascott carpenter

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas