Peregrinos budistas circundam o templo sagrado sempre da esquerda para a direita, como representação do movimento das estrelas no céu

Peregrina tibetana segura uma roda de orações enquanto dá voltas ao redor da Stupa de Bodhnath, em Katmandu, Nepal
Jodi Cobb/National Geographic Creative
Peregrina tibetana segura uma roda de orações enquanto dá voltas ao redor da Stupa de Bodhnath, em Katmandu, Nepal


A Stupa de Bodhnat é o maior e mais importante templo budista do Nepal, localizado em Katmandu.

O templo é considerado uma representação do cosmo, portanto os peregrinos que chegam lá devem dar voltas ao redor dele sempre da esquerda para a direita, como uma representação do movimento que as estrelas fazem no céu.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.