Quando se sente ameaçado, o peixe aumenta de tamanho e vira uma bola de espinhos

Mergulhador não identificado passa sobre baiacu-do-mar-vermelho, na Península do Sinai
David Doubilet/National Geographic Creative
Mergulhador não identificado passa sobre baiacu-do-mar-vermelho, na Península do Sinai


Músculos peitorais e a falta de costelas permitem que esse peixe aumente de tamanho quando se sente assustado ou ameaçado. Ele infla, absorvendo ar ou água, e vira uma bola de espinhos.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.