Rei Ricardo III da Inglaterra tinha lombrigas

Por AP | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

O esqueleto do monarca, que foi descoberto debaixo de um estacionamento, tinha sinais de ovos de vermes

AP

Getty Images
Foto mostra rosto reconstituído de Ricardo III, que se assemelha a retratos do rei. Segundo especialista, os vermes eram apenas um incômodo para Ricardo III, já que ele era bem alimentado


Não bastasse ser um dos reis mais desprezados da Inglaterra, o rei corcunda Ricardo III, imortalizado por Shakespeare, também tinha lombrigas.

Os pesquisadores que pesquisadores que desenterraram o esqueleto do monarca debaixo de um estacionamento em Leicester no ano passado, agora relatam que descobriram numerosos ovos de verme no solo ao redor de sua pélvis, onde seus intestinos teria ficado. Eles os compararam com amostras de solo tiradas perto de crânio de Richard e em torno de sua sepultura. Não haviam ovos perto do crânio e apenas traços de ovos no solo perto da sepultura.

Leia também: Cientistas fazem reconstituição de rosto de Ricardo III

Em um estudo publicado na quarta-feira no periódico médico Lancet, os especialistas dizem que sugere que os ovos perto da pélvis do esqueleto eram de uma infecção que aconteceu durante a vida do rei, ainda que seja improvável que os vermes lhe causassem qualquer dano sério. Em crianças, a lombriga pode levar ao crescimento atrofiado e um QI reduzido, mas no bem alimentado rei inglês, os parasitas eram apenas um pequeno aborrecimento.

Leia também: Reconstituição de Ricardo III retoma curiosidade por celebridades históricas

"Ricardo III provavelmente tinha alimento mais do que o suficiente para que ele dividir com suas lombrigas", disse Piers Mitchell , professor de Antropologia Biológica da Universidade de Cambridge, um dos autores do estudo. Mitchell disse que era a primeira vez que se comprovava que um monarca inglês teria sido infectado com vermes.

AP
Cientistas confirmaram que esqueleto com crânio rachado e espinha curva encontrado sob estacionamento é de Ricardo III

Ainda assim, o rei deposto teria sofrido alguns sintomas de infecção por parasitas, o que normalmente ocorre depois que alguém come os ovos em alimentos contaminados. Quando eles eclodem, as larvas vão para pulmões e garganta, onde são ingeridas de volta e chegam ao intestino delgado.

"Quando os vermes migram através do corpo, eles podem causar uma tosse e uma sensação desagradável quando a lombriga é engolida", disse Mitchell. Ele disse que os médicos do rei não teriam associado esses sintomas às lombrigas e provavelmente teriam indicado tratamentos prescritos como sangrias. Mitchell duvida, no entanto, que os vermes tenham piorado a deformidade da coluna de Ricardo III -- a peça de William Shakespeare o retrata como um regente corcunda que teve seus dois sobrinhos assassinados ainda crianças para que ele pudesse reivindicar o trono inglês.

Leia também: Descobertas relíquias da tumba do rei inglês Ricardo 2º

Também é possível que as lombrigas de Ricardo III fizessem uma aparição horrível no campo de batalha de 1485, quando o rei morreu. Em adultos infectados com lombrigas, eventos traumáticos, como acidentes de carro, podem fazer com que os vermes saiam de seus narizes e ouvidos.

AP
Esqueleto enterrado em estacionamento em Leincester era do rei Ricardo III

"Os vermes se chocam e se movem rapidamente", disse Simon Brooker , professor de epidemiologia da Escola de Higiene e Medicina Tropical de Londres, que não participou do estudo. Ele disse que era possível as várias facadas sofridas por Ricardo antes de sua morte poderiam ter feito com que os vermes de seu corpo fugissem apressadamente.

Brooker disse que há cerca de 820 milhões de pessoas no mundo que estão infectadas com lombrigas, e que poderiam ser curadas com uma única dose de um medicamento de baixo custo.

"Vermes ainda são um problema atual, como já foram mesmo para a nobreza", disse Brooker. "Em um mundo ideal, na ausência de saneamento básico, gostaríamos que todos os infectados tivessem baixos níveis de infecção como Ricardo III".

Leia também: Descendentes de rei Ricardo 3º brigam para enterrar restos do monarca

Leia tudo sobre: ricardo IIIinglaterrahistóriavermeslombrigasesqueletomaislidas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas