Usando pigmentos trazidos pela poluição, John Sabraw pretende chamar atenção para os problemas ambientais

BBC

Fazer arte com o que há de mais tóxico. Essa é a proposta do artista e ambientalista John Sabraw.

Em colaboração com o engenheiro Guy Riefler, da Universidade de Ohio, ele desenvolve uma série de pinturas com pigmentos derivados de substâncias presentes na poluição gerada por minas de carvão desativadas.

O objetivo final é chamar a atenção para os problemas trazidos pela poluição.

Leia também:

Trepadeiras nas fachadas podem diminuir poluição nas cidades em até 30%

Cientistas holandeses inventam pavimento que absorve a poluição

Poluição está mudando infância de crianças chinesas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.