Chineses usam abelhas para acupuntura em doentes terminais

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Acupunturista declarou que já tratou pacientes com artrite e câncer - e obteve bons resultados

BBC

Chineses estão apelando para a terapia com picadas de abelhas para tratar várias doenças, inclusive as terminais

Em uma clínica de acupuntura em Pequim, um paciente diagnosticado com câncer de pulmão e no cérebro afirma que se sente mais forte e que dobrou sua expectativa de vida, que era de apenas mais um ano, depois das picadas de abelha.

Wang Menglin, o acupunturista responsável pela terapia, disse que já tratou pacientes com dezenas de doenças, de artrite a câncer, e que conseguiu resultados positivos em todos os casos.

O tratamento com picadas de abelhas seria usado na China há milhares de anos, mas só foi reconhecido pelas autoridades que regulam a medicina tracional do país há cinco anos.

Mas os médicos ocidentais afirmam que há poucas provas de que o veneno das abelhas realmente seja eficaz contra doenças.

Para os que passam pela terapia de picadas de abelhas, a dor é o pior efeito colateral, e o desconforto dura cerca de cinco minutos.

Para as abelhas, é muito pior: nenhuma sobrevive depois da ferroada.

Leia também:

Em aeroportos alemães, abelhas ajudam a monitorar qualidade do ar

Abelhas são capazes de manipular ideias abstratas, como os mamíferos

Acupuntura pode aliviar a boca seca em pacientes com câncer


Leia tudo sobre: ciênciaacupunturaabelhascâncerartrite

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas