Cientistas criam robô que pula

Por AP |

compartilhe

Tamanho do texto

O protótipo poderá ser útil em missões de buscas de militares e também para transportar suprimentos

AP

O robô tem capacidade de saltar e escalar obstáculos. Foto: AP Photo/Matt RourkeO engenheiro e professor Daniel Koditschek (esquerda) e o doutorando Aaron Johnson mostram o robô que pula. Foto:  AP Photo/Matt RourkeO robô X-RHex Lite foi apresentado na Universidade da Pensilvânia, nesta terça-feira (13). Os pesquisadores conseguiram fazer com que o robô pule sobre obstáculos. Foto: AP Photo/Matt Rourke

Pesquisadores dos Estados Unidos conseguiram unir em um só robô as habilidades de pular e escalar.

Isso pode torná-lo particularmente útil nas missões de busca de militares ou de transportes de suprimentos.

O projeto para a construção do robô RHex começou há cerca de 15 anos, na Universidade da Pensilvânia, quando os pesquisadores de várias universidades começaram a perguntar como os robôs poderiam ser capazes de atravessar terrenos acidentados, assim como os animais fazem.

Veja o robô em ação: (vídeo em inglês)

Os robôs com pernas, ao contrário daqueles que têm rodas, têm a capacidade parecida com os animais, de superar obstáculos como escadas e lajes. Mas até o último RHex, desenvolvido pelo professor de engenharia Daniel Koditschek e pelo doutorando Aaron Johnson, robôs com pernas não conseguiam ter vantagem na superação de fendas nos terrenos, em relação aos robôs com rodas.

Leia também: Robô-mosca faz o primeiro voo controlado

Johnson desenvolveu mecanismos que permitem que o robô salte sobre os vãos e buracos nos quais costumava anteriormente cair. E onde existiam as bordas altas que normalmente bloqueariam o caminho de um robô, o RHex consegue manobrar em plataformas com mais de quatro vezes da sua própria altura.

Koditschek e Johnson projetaram a versão mais recente do RHex usando fibras leves de carbono. Isso permite que o robô cumpra seu papel saltando e escalando sem consumir muita energia.

O projeto RHex foi originalmente financiado pelo Departamento de Defesa, especificamente pela divisão que é responsável pelo desenvolvimento de tecnologia militar. A versão mais recente foi financiada pelo Exército dos Estados Unidos.

Leia também:

'Barata-robô' é usada para ensinar neurociência

Exército dos EUA revela cão robótico

Robô 'guepardo' quebra recorde de velocidade

Pesquisadores criam robô que se camufla em criaturas marinhas

Cientistas criam robôs que se comportam como formigas

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas