Luva robótica ajuda britânica a recuperar movimento da mão

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Cientista espera que pessoas em reabilitação possam fazer exercícios em casa

BBC

A britânica Gerry Lambert teve um derrame há mais de 15 anos e, desde então, perdeu a sensibilidade e parte dos movimentos do lado direito do corpo.

Mas agora a dona de casa conta com a ajuda de um dispositivo desenvolvido por cientistas do Laboratório de Robótica da Universidade de Bristol, que criaram um protótipo de luva robótica para acelerar a recuperação do movimento da mão.

A dona de casa conta que, no começo, foi estranho, porque ela queria controlar o que estava fazendo. Mas era a luva quem fazia tudo para ela, e automaticamente soltava os objetos. Antes, era Gerry quem tinha que, com a outra mão, abrir os dedos.

O projeto do dispositivo é do cientista Thomas Burton e usa novas tecnologias, como a impressão em 3D, para que o equipamento seja adaptado para qualquer tamanho.

O cientista afirma que a próxima versão da mão robótica, já em desenvolvimento, é menor, mais leve e qualquer um poderá usar como uma ferramenta de reabilitação.

A terapeuta ocupacional Allie Turton, da Universidade do Oeste da Inglaterra, supervisiona o projeto e diz que é difícil para um paciente em recuperação fazer exercícios o tempo todo.

Ela diz esperar que, com a mão robótica, as pessoas em recuperação possam fazer os exercícios em casa, como parte da rotina.

Leia também: 

Cientistas criam robô controlado pela mente para paraplégicos

Cientistas criam mão robótica com habilidade semelhante à humana

Mão humana pode ter evoluído para agredir, diz estudo

Leia tudo sobre: ciênciamão robóticaluva robóticapesquisa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas