Sucesso dos guepardos está na aceleração e não na velocidade

Por iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

Estudo usou coleiras de rastreamento para avaliar arrancada e capacidade de desviar dos felinos

Guepardo em movimento: segredo de seu sucesso como caçador está na arrancada. Foto: Structure & Motion Lab, RVCInovação do estudo foi o uso de coleiras de rastramento. Foto: Structure & Motion Lab, RVCFelinos chegam a mais de 100 km/h. Foto: Structure & Motion Lab, RVC

É fato conhecido que guepardos são os animais terrestres mais rápidos do mundo. Mas uma nova pesquisa mostra que seu sucesso como caçadores está ligado à sua capacidade de aceleração e mudanças repentinas de direção.

Inicialmente, os pesquisadores determinaram que os felinos conseguem ser duas vezes mais rápido que o campeão Usain Bolt. Depois, mediram a energia produzida pelo músculo do animal em relação ao tamanho de seu corpo, e calcularam o mesmo valor do corpo do atleta. Com isso, descobriram que o guepardo acelera quatro vezes mais que o velocista.

Essa capacidade de rápidas acelerações -- não só a velocidade - é a chave do sucesso dos guepardos como caçadores, disse o líder do estudo Alan Wilson. Ele é professor de biomecânica do Royal Veterinary College da Universidade de Londres.

Leia:
Javali-africano vira o jogo e persegue guepardo
Pesquisadores desvendam técnica de corrida dos guepardos
Gatos e guepardos têm mesmo mecanismo para determinar cor dos pelos
Conheça os campeões olímpicos do reino animal

"Capturar presas parece ser uma questão de manobra," disse. "É todo um ziguezague, com desvios e corridas".

Para chegar a essa conclusão, Wilson e sua equipe colocaram coleiras de rastreamento em cinco animais em Botswana, na África.

Eles cronometraram os guepardos, que chegaram a velocidade dos felinos a 93 quilômetros por hora -- um pouco abaixo dos 104 quilômetros por hora medidos em 1965. Wilson disse que a maior parte das caçadas aconteciam a velocidades ainda mais moderadas, de 48 quilômetros por horas, mas sempre com arrancadas, paradas e curvas impressionantes.

O modo como os guepardos faziam curvas enquanto aceleravam surpreendeu o cientista. O animal pode virar em um ângulo de 50 graus em alta velocidade, enquanto o máximo que um motocicleta consegue é 45 graus, segundo Wilson.

"Se você está tentando pegar algo, quanto mais rápido, mas difícil se torna fazer uma curva", explicou.

David Carr, um professor da Universidade de Utah que não esteve envolvido no estudo afirmou que um dos destaques do estudo foi seu foco em uma habilidade ignorada dos guepardos.

Outro ponto importante foi o método de rastreamento - uma tecnologia existente que foi usada de um novo modo. "Tecnicamente é um grande passo," afirmou. "Este grupo mudou completamente o padrão de monitoramente de locomoção em campo".

Leia tudo sobre: guepardosfelinosvelocidadeanimais

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas