Bebês praticam choro dentro do útero, diz estudo

Por BBC | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Pesquisa britânica diz que ao ensaiar expressões de dor e sorrisos, fetos vão aprendendo formas de se comunicar após o parto

BBC

Durham University
Bebês aprendem a se comunicar ainda na gravidez

Pesquisadores britânicos afirmam que bebês fazem caretas, praticam choro e expressões faciais de dor ainda quando estão dentro do útero.

Os especialistas, das Universidades de Durham e Lancaster, acreditam que, ao fazer isso, eles vão aprendendo como devem se comunicar após o parto.

"É essencial para os bebês poderem demonstrar expressões de dor ou desconforto assim que nascem para que possam se comunicar com a mãe", afirmou a pesquisadora Nadja Reissland.

Leia mais:
Cientistas fazem mapa do cérebro de bebês
Bebês são capazes de fazer previsões em situações novas
Bebês entendem quando brinquedos estão quebrados

Os cientistas analisaram ultrassonografias em 4D de oito fetos femininos e sete masculinos e observaram que durante o crescimento intrauterino, eles desenvolvem desde expressões simples, como um sorriso, a movimentos mais complexos, como o franzir das sobrancelhas e do nariz.

Sentimentos
Nadja Reissland diz que poder entender melhor o desenvolvimento normal dos bebês durante a gravidez pode ajudar os médicos a identificar problemas.

"Não está claro se os fetos podem de fato sentir dor e também não sabemos se as expressões faciais estão ligadas aos seus sentimentos", disse Reissland.

O estudo indica que os movimentos faciais podem estar mais ligados à maturidade do cérebro do que aos sentimentos, acrescentou a pesquisadora.

O trabalho se segue a uma pesquisa anterior que sugere que expressões faciais de fetos saudáveis se desenvolvem e se tornam mais complexas durante a gravidez.

Leia tudo sobre: bebêsgestação

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas