Morre prêmio Nobel Robert Edwards, pioneiro da fertilização in vitro

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Edwards era considerado o "pai" do primeiro bebê de proveta, a britânica Louise Brown, nascida em 1978

AP
Edwards ganhou o Nobel de Medicina 2010 por suas pesquisas sobre a fecundação in vitro

O vencedor do Prêmio Nobel de Medicina 2010 e pioneiro da reprodução in vitro, Robert Edwards, morreu nesta quarta-feira (10), aos 87 anos. De acordo com a Universidade de Cambridge, onde Edwards era professor, ele morreu enquanto dormia.

Junto com Dr. Patrick Steptoe, Edwards desenvolveu o método para a fertilização in vitro, que resultou no nascimento do primeiro bebê de proveta, Louise Brown, em 1978. Na época os dois foram acusados de estarem “brincando de Deus” e interferindo na natureza.

Leia também:
Britânico criador de método de fertilização in vitro ganha Nobel de Medicina
Conheça a história do prêmio Nobel

Edwards começou suas pesquisas sobre fecundação em meados da década de 1950, e seu trabalho possibilitou o nascimento de 4 milhões de pessoas.

Em 2010, ele foi laureado com o prêmio Nobel de Medicina pelo desenvolvimento da fertilização in vitro. Steptoe já era falescido em 2010 e não há premiação póstuma. 

(Com informações da AP)

Leia tudo sobre: nobelpremio nobel

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas