Menina descobre fóssil em praia e dá nome a espécie recém-descoberta

Por BBC |

compartilhe

Tamanho do texto

Daisy Morris 'tropeçou' em espécie até então desconhecida de réptil voador, batizado de 'Vectidraco daisymorrisae'

BBC

Divulgação
Ilustração reconstitui espécie de pterossauro, descoberto do Daisy

Uma menina de nove anos de idade, moradora da Ilha de Wight, acabou dando nome a um extinto réptil voador antes desconhecido, depois de encontrar um fóssil.

Daisy Morris tropeçou em restos fossilizados na praia de Atherfield há quatro anos. Um artigo científico informou que a espécie recém-descoberta de pterossauro seria chamada Vectidraco daisymorrisae.

Leia também:
Descoberto na Transilvânia novo tipo de réptil voador extinto
Descoberta nova espécie de pterossauro que habitava a Europa
Para se reproduzir, pterossauro era mais réptil que ave
Velociraptors eram caçadores noturnos
Há 70 milhões de anos, supercrocodilo mineiro comia dinossauros

O especialista em fósseis Martin Simpson disse que este era um exemplo de como "grandes descobertas podem ser feitas por amadores".

"Lavados"
A família Morris procurou Simpson, especialista da Universidade de Southampton, após a descoberta feita pro Daisy em 2009.

Eu sabia que estava diante de algo muito especial. E estava certo", disse Simpson.

Divulgação
Daisy descobriu fóssil quando andava na praia

O fóssil revelou-se sendo de uma espécie até então desconhecida de pterossauro pequeno, um réptil voador de 115 milhões de anos, do período Cretáceo Inferior.

A nova espécie e o nome foram confirmados em um artigo científico publicado na segunda-feira.

Simpson disse que a erosão no litoral da ilha teria feito com que o fóssil tivesse sido "lavado pelo mar e destruído, se não tivesse sido encontrado por Daisy".

O pterossauro já foi doado para o Museu de História Natural, que recentemente nomeou a Ilha de Wight como a "capital dos dinossauros da Grã-Bretanha".

A confirmação do Vectidraco daisymorrisae vem uma semana após a descoberta na ilha de um esqueleto quase completo de um dinossauro de 12 metros de comprimento.

Leia tudo sobre: pterossaurofóssilpaleontologia

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas