ONG registra recorde de ataques de tubarão em 2012

Por Maria Fernanda Ziegler - iG São Paulo |

compartilhe

Tamanho do texto

No total foram 118 acidentes relatados, sendo que 80 ataques aconteceram nos habitats naturais dos animais. Sete foram fatais

Getty Images
Sete pessoas morreram por ataques de tubarão no ano passado

O ano de 2012 foi o com mais acidentes envolvendo tubarões na história. De acordo com a organização International Shark Attack File (ISAF) foram 118 acidentes relatados em todo o mundo, com três casos a mais que o antigo recorde ocorrido em 2010. Do total do ano passado, 80 ataques aconteceram nos habitats naturais dos tubarões, sem que os animais tivessem sido provocados por humanos. Sete foram fatais. Em 2011, foram 78 ataques não provocados, sendo 13 fatais e em 2010, foram 82.

De acordo com o relatório da organização, que contabiliza relatos de acidentes em todo o mundo desde 1900, os números de ataques estão crescendo a cada década. Em 2012, os Estados Unidos foram mais uma vez como o lugar com mais ataques de tubarões, num total de 53 ataques, seguido por Austrália (14), África do Sul (4), Reunião (3), além de acidentes isolados registrados nas Ilhas Canárias, Indonésia, Nova Zelândia, Nigéria, Arábia Saudita e Tonga.

Leia mais:
Estado australiano autoriza matar tubarões que ameaçarem banhistas
Mordida de piranha amazônica é pior que de tubarão, diz estudo
Mergulhadores libertam fêmea grávida de tubarão-baleia presa em corda
Navio pesqueiro é detido em Galápagos com 41 carcaças de tubarão

De acordo com o relatório da ISAF o aumento da interação de tubarões com humanos está relacionado com o aumento do tempo que os humanos passam no mar. “Como a população e o aumento do interesse em atividades aquáticas é esperado o crescimento no número de ataques de tubarões”, afirma o relatório.

A ISAF afirma que a população de tubarões está em declínio em muitas partes do mundo por causa da sobrepesca, perda de habitat, o que teoricamente diminuiria o número de ataques. No entanto, não é o que os índices estão mostrando.

Nesta terça-feira (26), um neozelandês morreu em um ataque de tubarão na popular praia do País. O homem de 47 anos nadava a cerca de 200 metros da praia de Muriwai, que fica a 40 quilômetros a oeste da cidade de Auckland.

Leia também:
Turista 'herói' segura tubarão pela cauda em praia na Austrália
Tartaruga atacada por tubarão ganha próteses de nadadeiras no Japão
Banhista morre em raro ataque de tubarão na Nova Zelândia

No mês passado, outro caso envolvendo tubarões ganhou repercussão internacional. Um turista britânico e um australiano tiveram um ato de bravura para evitar um possível acidente na praia em Queensland, Austrália. O animal nadava na beira da praia próximo à crianças, quando os dois homens puxaram o tubarão pela cauda, afastando o perigo.

Leia tudo sobre: tubarõestubarãoataque de tubarão

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas