Asteroide vai passar muito perto da Terra no dia 15 de fevereiro

Por Maria Fernanda Ziegler - iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Astrônomos calculam que asteroide de 50 metros de diâmetro vai ficar a 27 mil quilômetros de distância da Terra; aproximação não representa riscos ao planeta

Nasa
Ilustração mostra aproximação do asteroide 2012 DA14 com a Terra

O asteroide 2012 DA14 vai passar muito perto da Terra na próxima sexta-feira (15). De acordo com a Nasa, o corpo celeste, que mede 50 metros de diâmetro, vai ficar a 27.700 quilômetros da Terra às 17h24 da próxima quinta. A distância é menor que a distância entre a Lua e a Terra, que é de 384 mil quilômetros. Cientistas, no entanto, afirmam que o evento não representa risco para a Terra.

“Não há chance de o asteroide colidir com a Terra, mas passando a uma velocidade de 7,8 km/s, caso se chocasse com a Terra, liberaria cerca de 2,5 megatoneladas de energia na atmosfera. Seria algo comparável ao impacto causado por outro objeto em Tuguska na Sibéria em 1908”, disse Donald Yeomans administrador do Programa de Objetos Próximos à Terra, da Nasa em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (7). O choque na Sibéria resultou em grande devastação em uma área de 1.200 quilômetros quadrados.

Leia mais:
Asteroide Apophis passa 'perto' da Terra
Sondas Grail revelam que asteroides danificaram crosta lunar
Nasa: grandes asteroides representam ameaça remota à Terra
Pequeno asteroide passa próximo da Terra sem causar perigo
Asteroide passa perto da Terra
Empresa quer extrair metais preciosos de asteroides

No auge da aproximação, o asteroide estará aproximadamente em cima da ilha de Sumatra, no Oceano Índico. Cientistas vão aproveitar o evento para fazer observações e descobrir mais dados sobre o asteroide, como por exemplo, sua constituição.

O asteroide, descoberto no ano passado, tem uma orbita ao redor do Sol muito parecida com a da Terra, o que faz com que se aproxime da órbita da Terra frequentemente. “É possível que esta seja a maior aproximação do asteroide com a Terra”, disse Lindey Johnson, chefe do Programa de Objetos Próximos à Terra da Nasa.

De acordo com a Nasa, o evento da próxima semana é a vez que ele chegará mais perto da Terra nas últimas décadas. A próxima aproximação com a Terra deve ocorrer em fevereiro de 2046, quando o asteroide passará a um quatrilhão de quilômetros do centro da Terra.

A Nasa está monitorando a aproximação de asteroides com a Terra e tem uma missão que será lançada em 2016 para estudar estes corpos celestes. De acordo com os pesquisadores não é rara a observação de asteroide menores perto da Terra, porém a chance de um choque com o planeta é ínfima.

“Existem muitos asteroides que estamos monitorando, no entanto a chance de eles se chocarem com a Terra é extremamente rara. Na realidade monitoramos um choque em 2008, mas era um asteroide menor, de quatro metros de tamanho e não causou maiores danos”, disse Yeomans.

Leia tudo sobre: asteroideespaçonasa

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas