Cratera gigante de Marte apresenta vestígios de antigo lago

Por iG São Paulo | - Atualizada às

compartilhe

Tamanho do texto

Pesquisadores detectaram a ocorrência de minerais que se formam na presença de água

Nasa
Imagem da cratera McLaughlin, em Marte, mostra a existências de carbonato formados com a presença de água

Uma sonda da agência espacial americana que orbita Marte encontrou provas de água no subsolo do planeta vermelho, o que torna ainda mais complexa a história evolutiva do planeta. Pesquisadores da Nasa propõem que a cratera McLaughlin, com 92 quilômetros de diâmetro e dois quilômetros de profundidade, poderia ter sido um ambiente úmido e potencialmente habitável.

A partir de imagens coletadas pelo Mars Reconnaissance Orbiter foi possível identificar camadas de rocha no fundo da cratera com carbonato e minerais de argila, que se formam na presença de água. McLaughlin, no entanto, não apresenta canais afluência, o que leva a crer que ela poderia ser alimentada por uma bacia dentro da própria cratera. 

Leia mais: 
Curiosity encontra mais indícios de água em Marte
Bactérias terrestres poderiam resistir em Marte, diz estudo

“As observações na cratera McLaughlin dão as melhores provas da formação de carbonato dentro de um lago”, disse em um comunicado Joseph Michalski autor principal do estudo publicado no periódico científico Nature Geoscience.

Leia tudo sobre: marteáguanasaespaço

compartilhe

Tamanho do texto

notícias relacionadas