Cientistas encontram na África do Sul pontas de lança usadas há 500 mil anos

Evidências mostram que artefato teria sido criado muito antes do que se imaginava, pelos Homo heidelbergensis

iG São Paulo | - Atualizada às

Cientistas da Universidade de Toronto, no Canadá, afirmam terem descoberto evidências de que as pontas de lança feitas de pedra foram criadas muito antes do que se imaginava. A nova descoberta revela que lanças encontradas na África do Sul teriam 500 mil anos – 200 mil anos a mais do que qualquer outra pesquisa – e teriam sido criadas pelos Homo heidelbergensis, nossos ancestrais.

Leia mais:  Análise de ossos mostra que ancestral humano não abandonou árvores

AP
Cientistas descobrem que pontas de lança foram usadas antes do que se imaginava, há 500 mil anos

Os Neanderthal e os Homo sapiens não teriam então inventado a tecnologia, mas herdado a descoberta e apenas aperfeiçoado a arma letal. A pesquisa foi divulgada nesta quinta-feira na revista Science.

Leia também:  Arqueólogos descobrem cidade pré-histórica mais antiga da Europa

O novo estudo se baseou na análise de pontas de pedras encontradas há cerca de 30 anos. Os cientistas haviam estimado que as pedras teriam em torno de 500 mil anos, mas ainda não tinham elementos para dizer se eram usadas como pontas de lança ou como outro utensílio, informou Jayne Wilkins, pesquisadora da Universidade de Toronto e autora do estudo. Chegou-se à conclusão de que eram lanças a partir do formato e das fraturas no material.

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG