Nasa: perda de contato entre Rússia e ISS não é grave

Agência espacial dos Estados Unidos diz que acidente não impacta atividades na Estação Espacial Internacional porque comunicação continua pelo lado americano

AFP |

AFP

A ruptura, nesta quarta-feira (14), de um cabo externo do Centro Espacial de Moscou, que impediu a comunicação da Rússia com a Estação Espacial Internacional (ISS), não tem gravidade, e o incidente deve ser resolvido em breve, indicou à AFP um porta-voz da Nasa.

"Isso já aconteceu anteriormente e, em geral, não tem impacto algum, já que os russos podem continuar a se comunicar com o laboratório da ISS por meio do sistema de comunicação americano", explicou Josh Byerly, porta-voz do Centro Espacial Johnson, em Houston (Texas, sul dos Estados Unidos).

Entenda:  Rússia perde contato com satélites e Estação Espacial

"Eles vão restabelecer o contato nas próximas horas", acrescentou.

Fontes do setor espacial russo, citadas por agências de notícias na Rússia, indicaram que o país havia perdido o contato com seus satélites e não podia enviar comandos à ISS em razão da ruptura de um cabo.

Segundo a agência estatal Ria Novosti, citando uma fonte anônima, o Centro Espacial russo "não tem mais a capacidade de comandar à distância os satélites civis, nem o segmento russo da Estação Espacial Internacional". Contudo, "ainda é capaz de ver a equipe e se comunicar com ela", de acordo com a mesma fonte.

    Leia tudo sobre: espaçoacidenteissrússia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG