Criança caiu de mureta e foi atacada por animais conhecidos como mabecos, uma espécie predadora da África ameaçada de extinção

BBC

Um menino morreu após cair em uma área de um zoológico ocupada por cães selvagens na cidade americana de Pittsburgh.

A criança de três anos de idade estava passeando com sua mãe no domingo. Segundo a polícia, ela ergueu o filho e o colocou sobre a mureta que separa os cães do público, para que a criança pudesse ter uma visão melhor dos animais.

O menino se desequilibrou, caiu e foi atacado pelos cães. A polícia não sabe dizer se a criança morreu na queda ou devido ao ataque. O nome das vítimas não foi divulgado.

Leia mais:
Homem invade jaula de tigres em zoológico em Nova York e perde o pé
Jovem é encontrado morto em jaula de tigre no zoológico de Copenhague
Zoo argentino causa polêmica ao permitir entrada em jaulas de tigre

Segundo testemunhas, tudo aconteceu tão rapidamente, que a equipe de emergência do zoológico não conseguiu reagir em tempo suficiente para salvar o menino.

Onze cães avançaram sobre o menino, e a maioria recuou quando os funcionários começaram a berrar para afastar os animais. No entanto, um dos cães continuou atacando a criança, e acabou sendo morto a tiros pelos administradores do zoológico.

Os cães selvagens são conhecidos como mabecos, uma espécie predadora da África, que está ameaçada de extinção.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.