Astronautas saem da ISS para consertar vazamento de amônia

Problema no sistema de radiador da Estação Espacial Internacional impediu que ela atingisse orbita segura para evitar choque com lixo espacial

iG São Paulo | - Atualizada às

Dois astronautas realizaram nesta quinta-feora (1º) uma caminhada espacial pra realizar trabalhos no sistema de radiador da Estação Espacial Internacional, poucas horas depois do fim de uma ameaça à estação, causada por um pedaço de lixo espacial.

A Estação Espacial teve que mudar de posição na quarta-feira (31) para evitar ser atingido por fragmentos de um satélite de comunicação que foi destruído em uma colisão há três anos.

Propulsores acoplados em uma nave de abastecimento russa foram disparados para mover o laboratório orbital e tirá-lo de risco. Porém, um erro no computador fez com que os propulsores fossem danificados e com isto, a estação espacial não atingiu a altitude desejada. De acordo com a Nasa, mesmo com o problema a estação e os seis astronautas residentes estavam a salvo.

A comandante da Estação Espacial, astronauta Sunita Williams e o astronauta japonês Akihiko Hoshide redirecionaram as linhas de amônia refrigerada e desviaram o radiador que acreditava-se estar vazando. Eles isolaram o radiador para ajudar os controladores de voo a determinar nos próximos dias se esta era mesmo a fonte penetração da amônia

Engenheiros acreditam que pedaços de lixo espacial podem ter penetrado o radiador ou parte deste sistema. Outra possibilidade é que o equipamento de 12 anos tenha quebrado.

(Com informações da AP) 

    Leia tudo sobre: issespaçocaminhada espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG