Inventário produzido pela equipe de astrônomos do Observatório Europeu Astral, no Chile, tem 84 milhões de estrelas

AFP

Imagem obtida pelo telescópio VISTA mostra parte central da Via Láctea
ESO
Imagem obtida pelo telescópio VISTA mostra parte central da Via Láctea

Uma equipe de astrônomos criou um catálogo com 84 milhões de estrelas localizadas no centro da Via Láctea, o maior inventário já realizado, captado a partir do Observatório de Paranal, norte do Chile, informou o Observatório Europeu Austral (ESO).

A equipe de astrônomos internacionais utilizou o telescópio de sondagem Vista que possui um enorme espelho de 4,1 m de diâmetro e um amplo campo de visão, com detectores infravermelhos muito sensíveis.

Leia também:
Astrônomos preveem colisão de Via Láctea com galáxia vizinha
Vídeo mostra movimento da via Láctea acima do Atacama
Novo telescópio gigante será instalado no deserto do Chile

A detecção e inventário desse número de estrelas permitirá uma compreensão e um conhecimento maiores da evolução da Via Láctea, segundo os autores do estudo.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.