Segundo satélite venezuelano é lançado com sucesso da China

Batizado como "Miranda", satélite vai monitorar questões como planejamento urbano e operações militares na Venezuela

EFE |

EFE

O segundo satélite venezuelano, batizado de "Miranda", foi lançado neste sábado em ótimas condições meteorológicas do centro espacial de Jiuquan, na província chinesa de Gansu, segundo informou a televisão oficial do país asiático.

Leia também: Chávez faz visita surpresa para acompanhar lançamento de satélite

AP
Satélite "Miranda" foi lançado a partir de centro espacial na China


A operação aconteceu por volta das 12h local (1h de Brasília). A base de Jiuquan fica em uma zona desértica da antiga Rota da Seda e este é o segundo lançamento que a Venezuela realiza na China. Em 29 de outubro de 2008, o primeiro satélite venezuelano, o "Simón Bolívar", foi lançado da base de Xichang.

O "Miranda" terá como missão realizar observações relacionadas ao planejamento urbano, operações militares e luta contra mineração e cultivos ilegais. O segundo satélite venezuelano foi lançado com sucesso e diante de representantes do Ministério do Poder Popular para Ciência, Tecnologia e Inovação venezuelano e da Agência Bolivariana para Atividades Espaciais.

Também estavam presentes na base a embaixadora da Venezuela em Pequim, Rocío Maneiro, assim como diplomatas de outros países latino-americanos. Aos três minutos do lançamento, o satélite começou o processo de separação do foguete propulsor, também sem incidentes.

Em Caracas, o lançamento foi transmitido em telões gigantes e presenciado por uma multidão. A operação foi realizada a nove dias das eleições presidenciais. A construção do aparelho foi responsabilidade da empresa tecnológica chinesa CGWIC, dependente da Corporação Aeroespacial da China, e que também fabricou o "Simón Bolívar". 

    Leia tudo sobre: venezuelachávezsatélitemiranda

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG