Endeavour chega a Houston em sua viagem final

Ônibus espacial será transportado até Los Angeles, onde será exposto em um museu

EFE |

EFE

AP
Na imagem, Endeavour aparece próximo a um prédio de Houston e um pequeno avião

O ônibus espacial Endeavour aterrissou nesta quarta-feira (19) em Houston, acoplado a um Boeing 747, em sua viagem final com destino a um museu em Los Angeles .

O avião adaptado, que transportou a nave 20 anos após a primeira missão espacial do Endeavour, levantou voo às 8h22 (de Brasília) no Centro Espacial Kennedy, na Flórida, e aterrissou em Houston pouco mais de quatro horas depois.

Depois de sobrevoar em baixa altura várias áreas do Centro Espacial, do aeroporto da Força Aérea em Cabo Canaveral e da Base Patrick também da Força Aérea, o 747 tomou rumo a oeste.

Na próxima quinta-feira (20) o Endeavour será transportado para a Califórnia. A espaçonave completou 25 missões espaciais e passou 299 dias em 4.671 órbitas da Terra, somando 197.761.261 quilômetros percorridos.

Entre os que observavam os voos em Houston estava o astronauta Mark Kelly, que comandou a última missão do Endeavour rumo à Estação Espacial Internacional (ISS), a penúltima de todas as missões do ônibus espacial.

"É algo impressionante, é preciso vê-lo", disse Kelly à televisão da Nasa. "É assombroso ver algo que pesa mais de 88 toneladas em cima de outro avião, voando".

Leia mais:
Infográfico: como voa um ônibus espacial
Infográfico: conheça os ônibus espaciais
Após 3 décadas, Nasa define destino final dos ônibus espaciais
Cronologia: os 30 anos do ônibus espacial
Por que os ônibus espaciais foram aposentados?

Quando a nave se acoplou na ISS o comandante Mark Kelly cumprimentou o seu irmão gêmeo Scott Kelly, que fazia parte da tripulação da estação espacial que orbita a Terra.

No amanhecer desta quinta-feira 20 de setembro, o 747 e o Endeavour partirão de Houston. O avião adaptado fará uma escala de abastecimento no Aeroporto Biggs em El Paso (Texas) onde vai sobrevoar o Centro de Testes de White Sands, nas proximidades de Las Cruces (Novo México) e do Centro Dryden de Pesquisa de Voos da Nasa, antes de aterrissar em Dryden ao meio-dia.

Na sexta-feira, o Endeavour sairá de Dryden com voos sobre o norte da Califórnia, nas proximidades do Centro Ames de Pesquisa da Nasa em Moffett Field, e sobre várias cidades como Sacramento e San Francisco.

O avião vai sobrevoar várias áreas de Los Angeles antes de aterrissar ao redor do meio-dia (hora local).

Os ônibus espaciais americanos - dos quais três foram destruídos em acidentes que causaram a morte de 14 astronautas - foram veículos essenciais para a construção da ISS, um projeto de mais de US$ 100 bilhões e do qual participam 16 países.

O Endeavour se acoplou uma vez à estação espacial russa Mir e 12 vezes à ISS.

Em 11 de outubro do ano passado, a Nasa transferiu o título e a propriedade da nave ao Centro de Ciência Espacial da Califórnia. Apesar da demora de um dia, a agência mantém seu programa de mudança do Endeavour para o Aeroporto Internacional de Los Angeles na próxima sexta-feira, 21 de setembro.

Os Estados Unidos encerraram o programa dos ônibus espaciais no ano passado e agora trabalham em associação com a indústria privada para a construção de outros tipos de veículos que transportem os astronautas até as órbitas próximas da Terra.

Os ônibus espaciais foram veículos desenhados para partir em direção à órbita como foguetes e retornar a terra como planadores, com um compartimento de carga que levou milhares de peças e equipamentos à ISS, um braço robótico que ajudou na construção espacial, além de lugares para seis astronautas.

    Leia tudo sobre: Endeavournasaespaçoônibus espacial

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG