Biólogo captura o mundo de cores e formas das águas-vivas do Ártico

O russo Alexander Semenov se especializou em retratar todas as fases de vida deste grupo de animais

BBC | - Atualizada às

BBC


As águas-vivas têm um ciclo de vida curto. Em média, vivem de dois a seis meses, mas neste período dão um show de cores e formas, como mostram estas imagens capturadas por um biólogo e fotógrafo russo.

"Todo ano há mudanças, porque algumas espécies desaparecem por anos, enquanto outras apresentam uma explosão demográfica. Isto é normal, há uma dinamicidade que faz a área muito interessante de ser estudada", disse o biólogo russo Alexander Semenov à BBC Brasil.

Leia também:
Água-viva é muito mais que plasma e veneno
Lago com águas-vivas inofensivas é atração no arquipélago de Palau
Cientistas americanos criam "robô água-viva"
Biólogo captura beleza da vida marinha nas águas gélidas da Rússia
Fotos revelam mundo transparente e colorido dos anjos-do-mar

Semenov se especializou no assunto e registrou as fases da vida destes seres que chegam a ser compostos de até 99% de água. Ele é o chefe dos mergulhadores da estação do Mar Branco, no norte da Rússia.

As fotos deste ensaio mostram desde a reprodução até ocasiões em que os celenterados têm o corpo invadido por centenas de crustáceos, que de dentro das águas-vivas, se alimentam das medusas.

    Leia tudo sobre: água-vivarússiafotosoceano

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG