Cão que teve membros cortados reaprende a andar com patas artificiais

Pay de Limón foi jogado numa lata de lixo e teve as patas cortadas por uma gangue. Tratamento custou R$ 12 mil e foi pago com doações. Veja vídeo

BBC |

BBC

Um cão no México que teve suas patas dianteiras cortadas por uma gangue de criminosos voltou a andar com o auxílio de pernas artificiais.

O cachorro Pay de Limón (Torta de Limão) havia sido jogado dentro de uma lata de lixo, na cidade de Fresnillo.

Mas, por sorte, ele foi encontrado e foi levado para o abrigo Milagros Caninos, onde está se recuperando e se adaptando às próteses. O uso dos membros artificiais foi feito de forma gradual.

Leia também:
Gato amputado ganha patas traseiras biônicas
Jabuti ganha 'prótese' com rodinha de brinquedo
Vídeo: cavalo recebe prótese na pata
Baleia ganha prótese para tratar desvio na coluna

Atualmente, o animal as está utilizando por períodos mais longos. As patas artificiais custaram o equivalente a mais de R$ 12 mil e foram obtidas por meio de doações coletada pelo abrigo canino.

    Leia tudo sobre: cachorrosprótesesanimaiscãomembros artificiais

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG